|

Orquestra Sinfônica Brasileira Foto: Divulgação

| Sem salários, músicos da OSB paralisam atividades

24/11/2016 - Por Equipe Tutti

Os instrumentistas da Sinfônica Brasileira suspenderam concerto agendado para a noite desta quinta no Municipal do Rio e voltam a se reunir em assembleia na sexta.

 

Os músicos da Orquestra Sinfônica Brasileira paralisaram as atividades nesta quinta-feira, cancelando o concerto fechado que aconteceria esta noite na Cidade das Artes. Nota oficial da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira (Fosb) aponta que a notificação da greve, através de comunicação do Sindicato dos Músicos, foi entregue na terça, 22, “por conta da suspensão do plano de saúde e do atraso do pagamento do salário de outubro, que deveria ter sido realizado no quinto dia útil do mês”.

Ainda no comunicado, a Fosb anuncia que aguarda a entrada de recursos “já confirmados para que o mais breve possível possa pagar o salário em atraso”.

O representante da comissão dos músicos da OSB, o violinista Nikolay Sapoundjiev, contou que participou de uma reunião nesta tarde com a direção da OSB e que foi comprovado que os recursos para sanar a o problema já estão em trâmite. Por conta disso, a Comissão vai convocar uma nova assembleia para esta sexta, dia 25.

– Entendemos que é preciso um tempo para que os recursos cumpram o caminho burocrático. E esperamos que esta situação se normalize o mais rápido possível – disse Sapoundjiev.

Abaixo, segue na íntegra a nota da Fosb.

“No dia 22 de novembro às 17h44 a Fundação OSB recebeu uma notificação do Sindicato dos Músicos, informando que em 48 horas o corpo orquestral entraria em greve, por conta da suspensão do plano de saúde e do atraso do salário do mês de outubro, que deveria ter sido realizado depositado no quinto dia útil deste mês. A Fundação aguarda a entrada recursos, já confirmados, para que o mais breve possível se possa pagar o salário em atraso.”