|

Ensino de cordas: em foco na Funarte

| O ensino coletivo de cordas em debate na Funarte

05/12/2016 - Por Luciana Medeiros

A instituição reuniu representantes de projetos do Brasil todo para trocar experiências

 

Aconteceu entre 6 e 8 de dezembrono Rio, o primeiro Painel Funarte de Ensino Coletivo – Cordas. A instituição reuniu na Sala Funarte representantes de diversas iniciativas em projetos de ensino de música em grupos no Brasil. O encontro trouxe ao centro da conversa músicos, regentes, professores e produtores de todo o país.

– A Funarte foi pioneira na disseminação dessa prática – conta o Coordenador de Música Erudita da Funarte, Flavio Silva. – Em 1976, o então diretor de música, Marlos Nobre, encampou o trabalho de Alberto Jaffé, um virtuose do violino e um líder carismático, fazendo brotar o Projeto Espiral.

Além do Espiral, que levava à frente o desenvolvimento de métodos coletivos de aprendizagem de instrumentos, a Funarte criou ainda a primeira oficina-escola de luteria no país, sob a coordenação do lutiê Guido Pascoli. Sobre toda essa história e seus desdobramentos conversarão representantes de projetos de todo o Brasil. Entre as instituições representadas estão o Baccarelli e a Jazz Sinfônica, de São Paulo, a Orquestra Cidadã, de Recife, a Suzuki Association, dos EUA.

– Não quero destacar ninguém, porque o bom é o conjunto das pessoas, todas com muita tarimba – afirma Silva. – Mas não estamos sozinhos nisso. Acaba de acontecer em Sobral, no Ceará, um grande encontro a respeito.

O apanhado histórico que Flavio Silva faz abrange as primeiras orquestras infantis (“a primeira de que se tem notícia data de 1939, na UFRJ, e nela tocava Henrique Morelenbaum!”); as orquestras juvenis, universitárias e as iniciativas de ensino ligadas ao approach social também são lembradas. Flávio descobriu, no Arquivo Nacional, um trecho de Cinejornal mostrando o Projeto Espiral a Oficina de luteria. (veja os filmetes abaixo)

– O que se quer é retomar a troca de experiências, que são muito variadas, desde as que saíram da inspiração do El Sistema, como o Neojibá, na Bahia, ou iniciativas como a de Barra Mansa.

A participação é livre. Programação aqui.

Painel Funarte de Ensino Coletivo – Cordas
Organização: Centro da Música / Funarte
Coordenação: Simone dos Santos
Apoios: Arquivo Nacional, Academia Brasileira de Música
Datas: 6 a 8 de dezembro de 2016
Local: Sala Funarte Sidney Miller (Rua da Imprensa 16, 22030-120 Rio de Janeiro RJ)
Informações: classicos.funarte@gmail.com; tel. (21) 2240-5158, 2279-8105