|

A 'Valsa das Flores' de 'O Quebra-Nozes' - balé segue sem alterações na temporada de dezembro / Foto: Divulgação

| Municipal do Rio altera datas de ‘O Quebra-Nozes’ e adia ópera marcada para janeiro

12/12/2016 - Por Equipe Tutti

As datas do balé 'O Quebra-Nozes' foram alteradas: estreia é dia 16. 'O Boi e o Burro a Caminho de Belém', que tinha récitas agendadas para janeiro, foi agora adiada para a Temporada 2017.

A Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro comunicou, na noite desta segunda, por meio de nota, que por conta do reagendamento da programação, em função da paralisação das atividades dos funcionários por falta de pagamento dos salários no mês passado, a ópera não será mais apresentada m janeiro e sim na temporada 2017.

As récitas do balé O Quebra-Nozes também sofreram alteração: foram canceladas as récitas dos dias 14 e 15 de dezembro, as duas primeiras. E a ópera  Jenufa segue, tal qual já anunciado, programada para março.

Segue a nota da Fundação sobre a mudança no QN:

 

A Fundação Teatro Municipal Do Rio De Janeiro, vinculada à Secretaria de Estado de Cultura, informa a seu público que, em virtude da imperiosa necessidade de reorganização de agenda de eventos do Theatro Municipal, foram canceladas as récitas do balé O Quebra-Nozes nos dias 14 e 15 de dezembro de 2016, ficando confirmadas as demais datas.

Os assinantes que adquiriram os ingressos para o dia 14 de dezembro serão contatados pelo Setor de Informações para providenciar a transferência dos lugares adquiridos para outras récitas, se desejarem, podendo também entrar em contato pelo telefone (21) 2332-9191.

Os espectadores que adquiriram ingressos nas datas canceladas deverão comparecer a Bilheteria do Theatro Municipal, levando os ingressos originais para promover a troca dos bilhetes por outro dia de espetáculo.

Caso desejem a restituição dos valores, deverão apresentar também documento original de identidade e CPF para preenchimento de formulário com seus dados bancários para depósito do valor a ser restituído no prazo de 05 a 10 dias úteis.

Informamos ainda que não será possível a devolução em espécie ou depósito em conta poupança, alertando que o prazo máximo para o pedido de restituição de valores será até o dia 30 de dezembro de 2016. 

A Fundação Teatro Municipal lamenta o ocorrido e pede desculpas ao público pagante prestigiador desta Casa. Mesmo diante da grave situação de crise financeira que passa o Estado do Rio de Janeiro estamos envidando todos os esforços no sentido de manter os espetáculos agendados até o fim do ano.

Apresentações de ‘O Quebra-Nozes’- Dezembro de 2016

16, sexta-feira, 20h / 17, sábado, 20h / 18, domingo, 17h / 22, quinta-feira, 20h / 23, sexta-feira, 20h / 27, terça-feira, 20h / 28, quarta-feira, 20h / 29, quinta-feira, 20h / 30, sexta-feira, 20h

 

Relembre: Corpos Artísticos voltaram às funções em 29 de novembro

Em entrevista no inicio da tarde de 28 de novembro ao Tutti Clássicos,  Pedro Ismael de Olivero Neto,  presidente do SINTAC/RJ (Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Públicas da Ação Cultural do Estado do Rio de Janeiro) confirmou que a votação  dos Corpos Artísticos do Theatro Municipal, realizada nesta manhã, apontou para o retorno ao trabalho, por 1o6 votos a 70.

Em nota distribuída então, a Fundação Teatro Municipal (FTM) informou a retomada das atividades na terça, dia 29, e as novas datas para a programação: “as récitas da ópera O Boi e o Burro no Caminho de Belém, de Tim Rescala, previstas para os dias 2, 4, 9 e 11 de dezembro foram adiadas para os dias 5, 6, 7 e 8 de janeiro de 2017. Já as apresentações da ópera Jenufa, de Leoš Janáček, serão realizadas nos dias 10, 11, 12 e 14 de março de 2017″. O  balé  O Quebra- Nozes segue sem alterações de agenda.

Segundo Pedro Ismael Olivero, os ensaios para o balé natalino seriam retomados na quarta-feira (29/11):

– O balé já volta a ensaiar amanhã o Quebra Nozes, isso é certo, assim como a orquestra e a parte do coro em seu cronograma – garantiu Olivero. – Mas estamos elaborando uma lista de reivindicações, tais como a entrega dos vales-transportes de outubro, novembro e dezembro para que possamos nos deslocar, assim como a cantina liberada para alimentação.

O Presidente do SINTAC/RJ disse também que os Corpos Artísticos pensam  em conscientizar o público.

– De qualquer maneira, queremos conscientizar o público da situação, em ações que podem ser realizadas durante a temporada do Quebra Nozes – diz ele, lembrando das recentes manifestações nas escadarias do Theatro como exemplo. – E, claro, acompanhar a situação dos salários em novembro.

Leia abaixo,  na íntegra, a nota divulgada pelo Theatro Municipal.

“A Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro comunica que os seus servidores decidiram, em assembleia realizada em 28 de novembro, retomar as atividades a partir desta terça-feira, 29 de novembro.

A FTM informa também que as récitas da ópera O Boi e o Burro no Caminho de Belém, de Tim Rescala, previstas para os dias 2, 4, 9 e 11 de dezembro foram adiadas para os dias 5, 6, 7 e 8 de janeiro de 2017. Já as apresentações da ópera Jenufa, de Leoš Janáček, serão realizadas nos dias 10, 11, 12 e 14 de março de 2017.

A Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro lamenta os transtornos decorrentes das mudanças em sua programação. Mais informações pelo telefone 2332-9191.”