|

Quarteto Brasiliana / Foto: Erica Matos

| Concerto ‘De Villa-Lobos a Piazzolla’: o Quarteto Brasiliana vai ao Espaço BNDES

14/02/2017 - Por Equipe Tutti

O quarteto de cordas privilegia a música brasileira e argentina no espetáculo com entrada franca no Rio de Janeiro, nessa quarta, dia 15

 

São mais de 20 anos de carreira do Quarteto Brasiliana, criado em 1994 por alunos da Escola de Música da UFRJ. Os integrantes foram mudando mas a intenção de fortalecer a música para a formação permanece.

E o nome do grupo já dá mais pistas: a especialidade são os compositores brasileiros e latino-americanos. Nesta quarta, dia 15, Roberto Faria e Willian Isaac (violinos), Samuel Passos (viola) e Paulo Santoro (violoncelo) apresentam no Espaço BNDES, no Centro do Rio, peças da música brasileira e argentina, a partir das 19h. Villa-Lobos, Alberto Ginastera, Piazzolla e Villani Côrtes estão nesse programa com tons nacionalistas.

– Villa-Lobos e Piazzolla se destacam na linguagem nacionalista – conta o violista Samuel Passos. – Incluímos o quarteto de Ginastera pela sua identificação com o período e pelo seu centenário celebrado em 2016. Este quarteto, o n. 1, é pouco executado mas é extremamente bem escrito e empolgante tanto para quem ouve como para quem toca. Também achamos importante executar obras de compositores vivos, como o nosso querido Villani Côrtes,  com quem tive a honra de estudar, cuja música transborda brasilidade.

Forma tradicional e um dos pilares da música de câmara, o quarteto de cordas se situa perto do solo, na medida em que é capaz de expor a habilidade e as ideias musicais dos seus integrantes, reforça Samuel.

– No quarteto, podemos ainda mostrar um pouco mais de nossa personalidade artística. Numa orquestra de dezenas ou uma centena de músicos, visamos o ideal artístico coletivo. Já no quarteto podemos discutir, testar e expor ideias mais particulares. Isto nos faz crescer como artistas. E é uma forma mais acessível ao público: um quarteto consegue se apresentar e levar música para lugares e pessoas que não tem acesso ou estrutura para receber uma orquestra.

Programa:

Villa-Lobos – Quarteto nº  7  / Villani- Côrtes  – Congada /  Piazzolla  –   Milonga del Ángel / Ginastera  –  Quarteto nº 1  

 

Quarteto Brasiliana no Espaço Cultural BNDES

15/02 – quarta-feira – 19h – Entrada Franca

Endereço:  Av. República do Chile, 100 – Centro, Rio de Janeiro – RJ – Informações: (21) 2172-7447