|

'Anastasia' / Divulgação

| ‘Anastasia’, balé de Kenneth MacMillan, em circuito nacional, dia 7/3

11/2/2016 - Por Debora Ghivelder

A russa Natalia Osipova é ovacionada pela crítica em sua estreia no papel título - o balé abre a temporada 2017 da Royal Opera House nos cinemas

 

Kenneth MacMillan (1929-1992) era um filho da classe trabalhadora que conquistou lugar no pódio da dança como um dos melhores coreógrafos da sua geração. O realismo era sua fonte e por suas obras desfilavam personagens psicologicamente abalados, sexualmente danificados ou simplesmente inadequados, sem lugar no mundo que habitavam. Anastasia, que a Rede Cinemark exibe em única sessão no próximo 7 de março, no Rio, em São Paulo e em outras oito cidades do país, abrindo a temporada da Royal Opera House em 2017, não foge à regra.

O balé é baseado na história de Anna Anderson (1896-1984), polonesa que declarava ser a grã-duquesa Anastasia Nikolaevna da Rússia (1901-1918) – a grã-duquesa havia sido, na verdade, assassinada por soldados bolcheviques aos 17 anos, junto com os demais membros da família imperial russa. É que circularam diversos boatos sobre a possível sobrevivência da jovem nobre e várias mulheres tentaram assumir a identidade da “princesa esquecida”.

O caso de Anderson foi o que ganhou maior notoriedade. Anna Anderson chegou a ser confinada em uma instituição psiquiátrica em Berlim – e é exatamente no hospício que MacMillan ambienta o balé. Na obra, Anderson tenta recuperar suas memória e a identidade que acredita ter. É através das suas lembranças que os personagens da dinastia Romanov tomam vida.

Versão estendida

MacMillan criou a primeira versão de Anastasia em 1967, em um ato único, e a estreia foi feita pelo balé da Deutsche Oper , de Berlim. Em 1971, já na direção do Royal Ballet de Londres, o coreógrafo expandiu o trabalho para três atos, passando o ato original a ser o terceiro. Os dois primeiros atos adicionais mostram a vida de Anastasia antes da Revolução Russa. O trecho criado em 1967 usa a Sinfonia nº 6 de Martinu e música eletrônica de Fritz Winckel e Rüdiger Rüfer. A versão de 1971 teve a adição na trilha das sinfonias números 1 e 3 de Tchaikovsky.

        Thiago Soares está no elenco do balé

Anastasia não era dançado pelo Royal Ballet há mais de uma década. A montagem anterior data de 2004. A atual traz um elenco de estrelas. A russa Natalia Osipova estreia no papel título, criado para Lynn Seymour na década de 1960, em performance que agradou efusivamente os especialistas. Para os brasileiros, chance extra para conferir o trabalho de Thiago Soares como Rasputin e ver a precisão de Marianela Nuñez (Matilde Kschessinksa). A produção traz cenários sugestivos e figurino deslumbrante criado por Bob Crowley.

A crítica é unânime em destacar que o ato original é superior aos dois primeiros em narrativa e drama pessoal. Mesmo assim, vale conferir o balé em três atos, criação brilhante de MacMillan que fala de solidão e angústia.

Em tempo, para os que gostam de fatos: testes de DNA mostraram que Anna Anderson não estava ligada à família imperial russa. A lenda sobre Anastasia ter sobrevivido à execução de sua família foi definitivamente encerrada em 2009, quando testes de DNA foram realizados em restos mortais de um rapaz e de uma mulher encontrados em Ecaterimburgo, na Rússia, em 2007 . Os restos mortais de todas as grã-duquesas tinham sido encontrados. Portanto, não houve sobreviventes entre os Romanov.

Além de Anastasia, a temporada de 2017 do Royal Opera House tem programada as exibições do balé O Quebra-Nozes no dia 2 de maio, e da ópera Il Trovatore, no dia 6 de junho.

Confira abaixo a lista de cinemas com os respectivos preços dos ingressos

BOTAFOGO-  Rio de Janeiro R$ 50,00
IGUATEMI-  São Paulo – R$ 50,00
HIGIENÓPOLIS – São Paulo -R$ 50,00
PAULISTA – São Paulo – R$ 50,00
SÃO CAETANO-  São Caetano do Sul – R$ 50,00
PIER 21 – Brasília – R$ 50,00
SAVASSI – Belo Horizonte – R$ 40,00
CAMPINAS- Campinas – R$ 40,00
MUELLER – Curitiba – R$ 40,00
IPIRANGA – Porto Alegre – R$ 40,00
RECIFE – Recife – R$ 40,00
VITORIA – Vitória – R$ 40,00